Azeite

Azeite

O Douro possui um microclima e solo particularmente adequados para o cultivo da oliveira, que povoa a região desde há muitos séculos. Nos olivais da Romaneira é possível encontrar as variedades tradicionais: Cordovil, Galega, Verdeal e Madural.

As azeitonas são colhidas à mão durante o Inverno, cerca de dois meses após a colheita das uvas, e depois esmagadas em moinho de pedra de granito e reduzidas a uma pasta sujeita a uma prensagem a frio.

O resultado é um azeite extra virgem de grande carácter e pureza, com uma acidez natural muito baixa, e um bouquet aromático que sugere o perfume exalado pelas ervas e plantas selvagens que crescem no interior da propriedade.

 

Prémios:
Concurso Nacional de Azeites de Portugal 2017: Melhor azeite de Portugal - Medalha Prestígio
Concurso Nacional de Azeites de Portugal 2017: Categoria "Azeite de Quinta - Frutado Verde Intenso": Medalha de Ouro

I Competição Internacional de Azeite 2014 - Rio Grande do Sul - Brasil: Medalha de OURO
Concurso Nacional de Azeite Virgem Extra 2011: Medalha de OURO
1º Concurso de Azeite de Trás-os-Montes e Alto Douro - Categoria 'Frutado Verde': Ouro


Fichas Técnicas